Em brfsa

Parente deve ser nomeado amanhã como CEO da BRF, diz Valor; ações amenizam perdas

As ações, que estavam em queda de mais de 6% durante a tarde, amenizaram fortemente as perdas e registram queda de 3,30%

Pedro Parente
( Antonio Cruz/ Agência Brasil)

SÃO PAULO - O conselho de administração da BRF (BRFS3) deve se reunir amanhã para aprovar a indicação de Pedro Parente como CEO da companhia, segundo informa o Valor Econômico. Com isso, as ações BRFS3, que chegaram a cair 7% durante a tarde, amenizaram fortemente as perdas e fecharam com baixa de 3,30%, a R$ 20,20. 

Parente é presidente do conselho de administração da BRF desde 26 de abril. Ex-presidente da Petrobras, Parente pediu demissão da estatal em 1 de junho após desgaste durante a greve dos caminhoneiros e a sua entrada na empresa de alimentos foi cogitada logo após a sua saída da petroleira.

Durante o pregão, os papéis BRFS3 amargaram fortes perdas em meio à notícia de que a companhia de alimentos fechou a linha de produção em Goiás. O corte na linha de produção de perus se deve às restrições dos mercados externos. Com endividamento crescente, restrição dos mercados e com uma longa disputa na empresa, os papéis atingiram a mínima desde maio de 2010. 

Contato