Em imoveis

Homem mais rico de Hong Kong vende arranha-céu por US$ 5,1 bilhões

Chamado The Centre, ele pode se tornar o prédio comercial mais caro já vendido, caso a transação se confirme

SÃO PAULO – O homem mais rico de Hong Kong, Li Ka-shing, vendeu seu arranha-céu, também localizado na cidade, por US$ 5,15 bilhões, de acordo com informações da AFP. O edifício não é o mais alto do país: em relação aos demais, ele fica em quinto lugar.

Chamado The Centre, ele pode se tornar o prédio comercial mais caro já vendido, caso a transação de US$ 5,15 bilhões se confirme. Esse valor é correspondente a 75% da participação de Li, vendida através do CK Asset para um consórcio liderado por uma empresa de energia chinesa.

A transação, se confirmada, ultrapassa a venda de um lote comercial do governo para Henderson Land, empresa controlada pelo segundo homem mais rico de Hong Kong, Lee Shau-kee. Na época, a transação foi de US$ 3,5 bilhões.

Procurado pela agência de notícias, o CK Asset afirmou não ter comentários sobre o negócio. 

Confira abaixo imagens do edifício,o que tem uma antena em seu topo:

The Center
(Commons/Wikipedia)

Contato