Em mercados / bitcoin

Primeira varejista a aceitar Bitcoin vê ações subirem 200% e baterem máxima em 13 anos

A empresa foi a primeira varejista dos EUA a aceitar bitcoin, e em julho deste ano, ela também anunciou que passaria a aceitar outras criptomoedas

SÃO PAULO - Se nos últimos anos o Bitcoin ganhou reconhecimento e força como um investimento, quando utilizada como meio de pagamento, a criptomoeda ainda encontra grandes dificuldades de implementação, sendo poucos os estabelecimentos pelo mundo que aceitam este tipo de moeda. Mas uma varejista em especial, abraçou este mundo logo no início e hoje está colhendo grandes frutos.

As ações da Overstock.com caminham para terem seu melhor ano desde 2004, e muito deste desempenho se deve ao aumento do interesse dos consumidores pelas moedas digitais. Com este rali, os papéis também atingem sua máxima em 13 anos, mas já próximo do maior preço na história.

Em janeiro de 2014, a Overstock se tornou a primeira varejista dos EUA a aceitar bitcoin, e em julho deste ano, a empresa também anunciou que passaria a aceitar outras criptomoedas, o que ajudou a acentuar a alta forte que as ações já tinham.

O envolvimento da empresa com criptografia se aprofundou em setembro, quando anunciou que uma de suas subsidiárias, a tZero, entraria no negócio digital de negociação de moedas com uma joint venture que utiliza ICOs (Ofertas Iniciais de Moedas) e tecnologia blockchain. Desde então, os papéis tiveram um forte salto de mais de 120%, levando os ganhos acumulados do ano para a casa de 200%.

A Overstock já informou que planeja levantar até US$ 500 milhões em um ICO que deve ocorrer nos próximos dias e durará até o final do ano. Para o analista Tom Forte, da D.A. Davidson, as ações da companhia têm potencial para subirem mais 60% se ela realmente investir nas criptomoedas.

Outros analistas, porém, alertam para essa proximidade de um ativo tão volátil quando o bitcoin. O volume das ações da Overstock subiram bem acima da média, o que ligou o alerta para algumas pessoas. Diante do recente rali, há quem defenda que os investidores fiquem vendidos para aguardar uma correção. A questão é se realmente este cenário das criptomoedas irá se sustentar, mas isso pode demorar para ser respondido.

Bitcoin
(ShutterStock)

Contato