Em minhas-financas / carros

Mudança da CNH: Ministério revoga medida que exigia renovação

O objetivo é evitar gastos extras aos condutores

CNH
(REPRODUÇÃO)

SÃO PAULO - O Ministério das Cidades informou no último sábado (17) que irá revogar a decisão que exigia a mudança de regras para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). De acordo com Alexandre Baldy, ministro das cidades, o objetivo é "simplificar a vida dos brasileiros" e evitar gastos extras aos condutores. 

A proposta, que entraria em vigor no dia 5 de junho, exigia que os motoristas que fossem renovar a CNH tivessem que fazer um curso teórico e uma prova, além do exame médico obrigatório. 

"Por determinação do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Maurício Alves, revoga a resolução 726/2018 que torna obrigatória a realização e aprovação em Curso de Aperfeiçoamento para renovação da Carteira Nacional de Habilitação, escreveu em comunicado. 

A revogação deve ocorrer entre esta segunda-feira (19) e a próxima terça-feira (20).

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP 

Contato