Em negocios / inovacao

Computação quântica: o que representa e por que é uma das maiores apostas da IBM

O programa F5 desta quarta-feira (23) recebe Ulisses Mello, diretor do laboratório de pesquisas da IBM Brasil, para comentar sobre a tecnologia que promete revolucionar

SÃO PAULO – Ainda que não seja um termo popular ou familiar à primeira vista, a computação quântica é uma tecnologia que revolucionará a forma como os usamos e conhecemos os computadores hoje. Ela consiste em uma forma de acelerar o processamento de comandos e cálculos em computadores a uma velocidade que, hoje, é impossível de ser alcançada.

Uma das empresas que apostam neste nicho é a IBM, que no final de 2017 lançou sua primeira plataforma de computação quântica em nuvem, já disponível para uso geral – a chamada IBM Q – além de dois dos maiores processadores da indústria, de 20 e 50 qubits (bits quânticos).

Ulisses Mello, diretor do laboratório de pesquisas da IBM Brasil e convidado do programa F5 desta quarta-feira (23), explica que através do site Quantum Experience, da IBM, já é possível acessar um computador quântico na nuvem, além de realizar cursos para aprender mais e usar um kit de ferramentas para criar seus próprios códigos.

A história da computação quântica remete à 1981, quando foi apresentada em uma conferência do MIT. A maturidade da tecnologia, entretanto, está chegando só agora -- e a chegada de um computador quântico comercial deve acontecer em aproximadamente cinco anos.

Mas hoje, seu uso já pode representar avanços significativos para a pesquisa acadêmica, afirma Ulisses. "Uma de suas aplicações é a simulação molecular. Não é possível fazer isso em um computador normal, por motivos de processador e memória", disse. Essas simulações, por sua vez, podem ajudar no desenvolvimento de novas drogas e medicamentos.

Ulisses ainda comentou, durante a entrevista, sobre como se posiciona a computação quântica no Brasil e os entraves que impedem seu desenvolvimento. Assista à entrevista completa no player acima.

O F5 é apresentado pelo professor do InfoMoney Educação Arthur Vieira de Morais e pelo especialista em Blockchain, sócio do Finlab e professor de finanças Gustavo Cunha. Ele é exibido semanalmente, sempre às quartas-feiras a partir das 15h.

Contato