Em onde-investir

Os piores erros financeiros que você pode cometer na sua vida

Deslizes podem afetar as suas finanças e até as chances de alcançar o milhão

Executivo cansado, estressado
(Shutterstock)

SÃO PAULO - No caminho para uma vida financeira saudável e próspera, economizar, investir e evitar dívidas estão entre principais atitudes que você precisa ter com o seu dinheiro. Mas além disso, é preciso evitar alguns erros financeiros que podem destruir as suas finanças e quem sabe, as suas chances de se tornar um milionário algum dia. 

Pensando nisso, o Business Insider listou alguns desses erros que merecem atenção e devem ser evitados, dos quais o InfoMoney selecionou nove. Confira:

1. Gastar mais do que você ganha

O primeiro passo para construir um patrimônio é gastar menos do que você ganha e, por isso, quando você gasta em excesso, está cometendo um grande erro com as suas finanças. Há dois tipos de gastos que podem destruir as suas finanças:

a) Gastar muito com as pequenas coisas: as pequenas quantias, quando constantes, viram grandes quantias
b) Gastar muito em coisas grandes: carros, casas, barcos, casas de veraneio etc

A principal desculpa da maioria das pessoas é que elas não ganham dinheiro o suficiente, mas o problema não é o quanto você ganha, mas o quanto você gasta. 

2. Não pensar no futuro da sua carreira

A sua carreira é o seu ativo mais importante, já que além de te dar uma renda mensal, espera-se que o salário cresça ao longo da sua vida profissional. Para aproveitar ao máximo as oportunidades que aparecerem ao longo de sua carreira, crie e execute um plano profissional. Além disso, não peça demissão enquanto não tiver outro emprego e tome conta da sua saúde: coma bem, se exercite e aproveite os fins de semana; a sua carreira e potencial de produção dependem primeiro de você conseguir ir trabalhar. 

3. Afundar-se em dívidas

Sempre se pague primeiro, ou seja, se você tem uma dívida, busque pagá-la o quanto antes. Se você não tem dívidas, não entre em nenhuma. 

4. Esperar para investir

São 3 coisas que determinam o sucesso do seu investimento: a quantia investida, a taxa de rentabilidade e o período de tempo que você deixará o dinheiro aplicado. O mais importante deles, porém, é o tempo de investimento. Quanto antes você começar a investir, menor será a quantia que você terá que aplicar mensalmente para ter um bom patrimônio no futuro - isso porque os juros compostos vão trabalhar a seu favor. Dessa forma, comece a investir o quanto antes, poupe com frequência e aumente a quantia investida (como uma porcentagem da sua renda) conforme o passar do tempo. 

5. Não economizar

Se você não está economizando, você não está fazendo nenhum progresso financeiro. Uma boa estratégia é começar poupando no mínimo 10% da sua renda, para depois aumentar essa quantia conforme os diferentes salários. 

6. Casar-se com a pessoa errada

São dois os maiores erros financeiros relacionados ao matrimônio: casar com uma pessoa "gastona" e se divorciar. Casais em que os dois sabem e aplicam princípios financeiros básicos em seus orçamentos costumam se sair melhor que aqueles com maus hábitos financeiros. Ao mesmo tempo, o divórcio é um grande "baque" para as finanças do casal, já que o patrimônio é divido, por exemplo. Dessa forma, uma vez casados, fiquem casados, e tomem decisões como casal. 

7. Não ter seguros suficientes

Os seguros funcionam como um fundo de emergência e cobrem coisas que você não está economizando para pagar em caso de acidentes, mortes ou prejuízos. Alguns recomendados são: seguro de carro, de casa, de vida e de saúde.

8. Não fazer um testamento

Sem um testamento quem decide para onde vai a sua riqueza é o estado. Para evitar isso, garanta o seu testamento e outros documentos, e não se esqueça de atualizá-lo no decorrer da vida conforme surjam mudanças. 

9. Não ter um fundo de emergência

Um fundo de emergência é a sua primeira alternativa a problemas financeiros inesperados - e isso pode acontecer regularmente. Máquinas de lavar roupa quebram, carros precisam de reparos, crianças precisam de aparelho e assim vai. Se você não tiver um dinheiro guardado terá que pegar dinheiro emprestado, contrair dívidas etc, aí o problema vira uma bola de neve. 

Não quer cometer esses erros financeiros? Invista com ajuda de especialistas. Abra uma conta na XP

Contato