Em petrobras

Petrobras anuncia corte de 10% no preço do diesel por 15 dias

A decisão ocorre após três dias de greve dos caminhoneiros por conta do alto valor do combustível

Diesel
(Daniel Jedzura)

SÃO PAULO - A Petrobras anunciou na noite desta quarta-feira (23) uma redução de 10% no preço do diesel. A decisão ocorre após três dias de greve dos caminhoneiros por conta do alto valor do combustível, o que já afeta a distribuição de produtos, a circulação do transporte público e até aeroportos. O reajuste é válido por 15 dias.

Em entrevista coletiva, o presidente da estatal, Pedro Parente, afirmou que esta medida é em caráter excepcional e não representa uma mudança na política de preços da companhia. O executivo prevê uma redução de R$ 0,25 no litro do diesel.

"Esta decisão será aplicada apenas ao diesel e tem como objetivo permitir que o governo e representantes dos caminhoneiros tenham tempo para negociar um acordo definitivo para o contexto atual de greve e, ao mesmo tempo, evitar impactos negativos para a população e para as operações da empresa", disse a Petrobras em comunicado.

Logo após o anúncio, os ADRs (American Depositary Receipts) da Petrobras acentuaram as perdas, caindo 6,02%, às 20h07 (horário de Brasília), no after market em Nova York, após recuar 3,76% durante o pregão regular.

"Não vejo nossa autonomia arranhada [pela decisão] já que foi uma decisão unicamente da nossa diretoria", explicou Parente ao ser questionado sobre a decisão ter sido pressão do governo. "Eu vou dormir bem essa noite", disse sobre ter tomado a decisão correta.

Ao justificar a decisão, Parente afirmou que "num momento como esse é importante que as partes tenham é reajam com boa vontade, como a Petrobras fez."

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Contato